Navegue:
Nova troca na Petrobras, IPCA-15 e o que mais você precisa saber para investir bem hoje

Nova troca na Petrobras, IPCA-15 e o que mais você precisa saber para investir bem hoje

Investidores ainda acompanharão discurso do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell

bolsaopcao8

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

Há 40 dias, José Mauro Ferreira Coelho assumia a presidência da Petrobras, substituindo o general Joaquim Silva e Luna, que por sua vez havia substituído em fevereiro Roberto Castello Branco. Pois na noite de ontem, o presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir Coelho, que não completou nem dois meses à frente da estatal, evidenciando sua insatisfação com a política de preços da empresa.

O novo presidente da companhia será Caio Paes de Andrade, atual secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital no Ministério da Economia e indicado pelo ministro Paulo Guedes.

Apesar de ser considerado um nome técnico, a terceira substituição seguida no comando da empresa é considerada um mau sinal pelo mercado, até porque no início de maio o então ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, foi trocado por Adolfo Sachsida pela mesma razão: a insatisfação de Bolsonaro com os repasses nos combustíveis da alta do petróleo no mercado internacional.

Por volta das 7h50 desta terça-feira (24), os ADRs (recibos de ações da empresa negociados em bolsas estrangeiras) da Petrobras caíam 12% nas negociações de pré-mercado em Nova York em resposta à decisão.

Saiba mais:
Governo indica ex-diretor da EPE para a presidência da Petrobras (PETR4)

Guedes participa nesta terça do Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça, que começou neste domingo (22) e termina em 26 de maio. Às 9h, o ministro estará no painel  “Informal Gathering of World Economic Leaders: Resilience for Sustainable Growth”.

Inflação em maio

Logo mais, às 9h desta terça, o mercado acompanha a divulgação do IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Analistas de mercado projetam uma desaceleração em 12 meses para o indicador, refletindo a entrada em vigor da bandeira verde de energia. Em abril, o índice avançou 1,06%, maior alta para o mês desde 1996. Analistas de mercado ouvidos pela Reuters esperam que o índice tenha subido 0,45% na primeira metade deste mês.

Se o desempenho da inflação vier muito diferente do esperado pelos especialistas, isso pode se refletir nos contratos futuros de juros, cenário que tende a impactar a renda fixa e a Bolsa.

Saiba mais:
IPCA: Disseminação da inflação é a maior em 20 anos; 78% dos itens subiram em abril

Discurso de Powell

Em meio ao receio mundial de que a inflação possa continuar avançando em um patamar elevado, os índices futuros americanos operam no vermelho nesta manhã. Às 13h20, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, discursará na cúpula do Centro Nacional para o Desenvolvimento de Empresas Indígenas Americanas, e a fala será acompanhada com atenção.

Por volta das 7h55, o Dow Jones caía 0,70%, o S&P 500 recuava 1,11% e o Nasdaq estava em queda de 1,72%. No mesmo horário, o Euro Stoxx 500 perdia 0,83%.

Compartilhe:

Compartilhe: