Navegue:
Mercado externo segue estável após encontro entre líderes dos EUA e da China

Mercado externo segue estável após encontro entre líderes dos EUA e da China

No Brasil, o retorno do feriado vem com tom mais neutro, com a divulgação de indicadores de inflação

Unsplash

Foto: Unsplash

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

As bolsas globais estão próximas da estabilidade nesta terça-feira, 16, com os investidores repercutindo o resultado da primeira cúpula virtual entre o presidente americano Joe Biden e o líder chinês Xi Jinping. Ambos mostraram a necessidade de cooperação e reduções das tensões comerciais.

Os mercados europeus e os futuros americanos abriram no campo positivo, com o mercado de olho nos próximos indicadores para ter uma base de como continuará a inflação e se realmente o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) manterá a sua política monetária.

Na agenda desta semana teremos os dados de vendas no varejo dos EUA, às 9h30. Na zona do euro foi divulgado o Produto Interno Bruto (PIB), que cresceu 2,2% no terceiro trimestre frente ao três meses anteriores, informou a agência de estatísticas da União Europeia (UE), a Eurostat, conforme estimativa de mercado.

Os investidores ainda irão repercutir o pacote bipartidário de infraestrutura, de cerca de US$ 1 trilhão, do presidente dos EUA, sancionado na véspera. Além disso, as atenções também se voltam à decisão de Biden de quem irá liderar o Fed em breve. O atual presidente, Jerome Powell, continua sendo sondado para permanecer no cargo, mas a ex-subsecretária do Tesouro para Assuntos Internacionais, Lael Brainard, também vem sendo cotada para a função.

Enquanto isso, as bolsas asiáticas fecharam de forma mista, com os sinais positivos nas negociações entre Biden e Jinping. Mas as atenções continuam com o aumento no número de casos da covid-19 e os problemas com a crise imobiliária da China.

Quanto às commodities, o preço do barril do petróleo está em alta, enquanto o preço do minério de ferro tem queda na Bolsa de Dalian.

No Brasil, o retorno do feriado vem com tom mais neutro, com a divulgação de indicadores de inflação, às 8h, do IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor Semanal) até 15 de novembro e o IGP-10 (Índice Geral de Preços). Além do relatório do Boletim Focus, que ficou para hoje, por conta do feriado, às 8h25, com as projeções de analistas para inflação, juros, PIB e câmbio.

Para fechar os indicadores internos, teremos a divulgação pelo Banco Central do IBC-Br (Índice de Atividade Econômica) de setembro, às 9h. O indicador tenta antecipar o comportamento do PIB mensal.

Hoje ainda teremos as últimas divulgações de resultados corporativos, com a Mosaico, Ânima, Boa Vista Serviços, Oceanpact, Vibra, Sinqia, Iochpe Maxion, Hidrovias do Brasil, Eletrobras, Dimed, Gafisa, Espaço Laser e da Meliuz.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp