Navegue:
Inflação ao produtor nos EUA e IBC-Br de maio – veja o que importa hoje

Inflação ao produtor nos EUA e IBC-Br de maio – veja o que importa hoje

Investidores ainda acompanham balanços de bancos americanos e revisão para cima do PIB de 2022 pelo governo

Gráfico de ações

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

Um dia após os Estados Unidos divulgarem uma inflação ao consumidor maior que a esperada em junho, os mercados globais estão de olho no índice de preços ao produtor (PPI) do mês passado, dado que pode levar a novos ajustes nas projeções dos investidores para os próximos passos do Federal Reserve, o banco central americano.

O número será divulgado às 9h30 pela secretaria de estatísticas trabalhistas americana (BLS), e a expectativa é de alta de 0,8% na comparação mensal e 10,7% na anual, de acordo com analistas ouvidos pela Reuters.

Após a divulgação do índice de preços ao consumidor ontem, aumentaram as apostas em um aumento de 1 ponto percentual na taxa de juros americana na reunião do final deste mês, o que representaria um ritmo ainda mais agressivo de aperto monetário. No último encontro, a taxa foi elevada em 0,75 ponto.

Os investidores temem cada vez mais o impacto que a política monetária restritiva pode ter sobre a economia, cenário que pode levar a uma recessão global. Na manhã desta quinta (14), a secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen, afirmou que a inflação no país está alta de forma inaceitável, e que apoia as ações do Fed para conter a escalada de preços.

Repercutem ainda os balanços do segundo trimestre de grandes bancos americanos, como o JP Morgan, que registrou lucro líquido de US$ 8,6 bilhões no período – as ações do banco caem mais de 4% no pré-mercado após a divulgação.

Leia mais:
Dado ruim de inflação nos EUA eleva chance de alta (ainda mais) agressiva de juros

Os índices futuros americanos e as bolsas europeias operam em queda nesta manhã. Por volta das 8h10, o Dow Jones caía 1,25%, o S&P 500 recuava 1,17% e o Nasdaq perdia 0,79%. O EuroStoxx 50 estava em baixa de 0,77%.

Por que isso importa?

Taxas de juros mais elevadas nos EUA retiram a atratividade de ativos de risco e de países emergentes como o Brasil. Além disso, um aperto monetário agressivo na maior economia do mundo pode levar a uma recessão da economia global.

IBC-Br e PIB revisado

Por aqui, os investidores acompanham a divulgação do IBC-Br de maio, que será informado logo mais, às 9h, pelo Banco Central. O Índice de Atividade Econômica do BC é considerado uma espécie de “prévia” do PIB (Produto Interno Bruto).

A expectativa é de uma leve alta do indicador, que deve ser impulsionado pelo resultado dos serviços no mês. Às 10h, o ministro da Economia, Paulo Guedes, concede coletiva de imprensa para falar sobre o cenário econômico para este ano.

Saiba mais: 
Surpresa positiva de serviços cria expectativa melhor para PIB em 2022

De acordo com reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, a pasta irá revisar o desempenho do PIB deste ano de uma alta de 1,5% para 2%.

Por que isso importa? 

A atividade econômica vem apresentando algumas surpresas positivas, como o desempenho melhor do que o esperado de serviços e uma taxa de desemprego abaixo de 10%. O IBC-Br pode ajudar a confirmar o ritmo mais forte da economia no segundo trimestre.

⇨ Acompanhe seus ganhos e gastos e cuide melhor do seu dinheiro. Baixe o GranaMap!

Compartilhe:

Compartilhe: