Navegue:
Fundos de investimentos registram saque líquido de R$ 810 milhões em fevereiro; multimercados lideram a saída

Fundos de investimentos registram saque líquido de R$ 810 milhões em fevereiro; multimercados lideram a saída

Fundos de ações também tiveram resgates maiores que as captações; renda fixa lidera entrada de recursos, aponta Anbima

Gráfico financeiro para ilustrar aumento de captação de alta de ofertas de renda fixa

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

Os fundos de investimento registraram resgate líquido de R$ 810 milhões em fevereiro, movimento liderado pelas categorias multimercados e de ações, segundo dados da Associação Brasileira de Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima). Com o resultado, a captação líquida no ano na indústria agora soma R$ 1,5 bilhão.

Os fundos multimercados registraram saída líquida de recursos pelo sexto mês consecutivo, dessa vez no valor de R$ 18,1 bilhões em fevereiro. A categoria multimercado livre liderou os saques, com R$ 9,2 bilhões.

Os fundos de ações também registram saque líquido pelo sexto mês consecutivo, com R$ 10,9 bilhões no mês passado. A categoria ações livre liderou esses resgates, com R$ 4,8 bilhões do total. Os fundos fechados de ações foram a única categoria de renda variável a registrar captação líquida positiva, no equivalente a R$ 81,6 milhões no período.

Já os fundos de renda fixa seguem liderando as captações, com aporte líquido de R$ 27,8 bilhões em fevereiro. No ano, a captação desses fundos já supera os resgates em R$ 64,1 bilhões, ligeiramente superior aos R$ 49,9 bilhões registrados no mesmo período de 2021.

Fundos de ações FMP-FGTS lideram ganhos em fevereiro

Os fundos de ações FMP-FGTS, que não estão mais abertos para investimento, lideraram os retornos em fevereiro, com alta de 9,2%.

Durante o processo de privatização da Petrobras e da Vale, trabalhadores vinculados ao FGTS (Fundo de Garantia de Tempo de Serviço) tiveram a oportunidade de garantir ações dessas empresas. Os Fundos Mútuos de Privatização (FMP) são justamente os veículos desses investimentos.

A alta de 10,30% da Vale (VALE3) e de 1,34% da Petrobras (PETR3) em fevereiro contribuiu para a boa performance desses fundos.

Já as carteiras de ações small caps lideraram as perdas, registrando queda de 3,81% mês passado.

Entre os fundos multimercados, a categoria multimercado macro teve o melhor desempenho, registrando ganho de 1,79%. Já os multimercados investimento no exterior tiveram o pior retorno no segmento, com perda de 0,64%.

Compartilhe: