Navegue:
Copom desacelera, bolsas internacionais em queda e o que mais você precisa saber para investir bem hoje

Copom desacelera, bolsas internacionais em queda e o que mais você precisa saber para investir bem hoje

Investidores ainda acompanham decisões de juros na Inglaterra e Europa

bolsaopcao
Por:

Gabriel Tomé

Compartilhe:

Por:

Gabriel Tomé

O mercado reage nesta quinta (3) ao comunicado do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) de ontem, que elevou os juros básicos em mais 1,5 ponto percentual, a 10,75% ao ano, ao mesmo tempo em que sinalizou uma redução do ritmo de altas daqui para a frente.

Na prática, o colegiado informou ao mercado que o atual ciclo de aperto na Selic, iniciado em março do ano passado, está próximo ao final, mas deixou em aberto por quantas reuniões ainda elevará os juros e qual a magnitude dos próximos aumentos.

Também deixou claro que passará a olhar mais a meta de inflação de 2023 do que 2022, reconhecendo que neste ano, novamente, o teto de 5% de alta nos preços deixará de ser cumprido.

Os investidores ainda estão de olho nas decisões de política monetária no Reino Unido e na Zona do Euro. Às 9h, o Banco da Inglaterra deve voltar a elevar seus juros básicos, e a expectativa é que às 9h45 o Banco Central Europeu mantenha sua taxa.

O que isso quer dizer para os meus investimentos? A sinalização de que o Copom vai desacelerar as altas nas próximas reuniões pode ser um bom sinal para a Bolsa, mas é importante lembrar que os próximos passos do BC ainda dependerão de fatores ainda não definidos, como inflação, política monetária nos EUA e política fiscal.

Já os investimentos em renda fixa se tornam ainda mais atrativos — veja abaixo reportagem que a Agência TradeMap preparou sobre o tema.

Leia mais

Bolsas internacionais em queda

Os principais índices acionários do exterior está em queda na manhã desta quinta. Na Europa, esse recuo se deve às últimas decisões sobre política monetária que devem ser tomadas pelo Banco Central Europeu e pelo Banco da Inglaterra nesta quinta-feira.

Por volta das 7h50, o índice Euro Stoxx 50, que reúne grandes empresas da zona do euro, caía 0,69%.

Nos EUA os principais índices fecharam a quarta-feira em alta, mas os contratos futuros registram baixas. Por volta das 7h50 o Dow Jones registrava queda de 0,28%, o S&P 500 marcava uma queda de 1,07% e o Nasdaq se retraia em 2,10%.

Veja abaixo a agenda completa:

  • Às 10h, o HSBC informa o PMI (índice de gerente de compras) de serviços do Brasil em janeiro.

 

  • Às 9h, sai a decisão sobre juros do Banco da Inglaterra.

 

  • Às 9h45, o BCE (Banco Central Europeu) informa a nova taxa de juros da Zona do Euro.

 

  • Às 10h30, o DoL (Departamento de Trabalho dos EUA) divulga o número atualizado de pedidos de auxílio desemprego no país.

 

  • Às 11h45, a Markit informa o PMI (índice de gerente de compras) de serviços dos Estados Unidos.

Compartilhe:

Compartilhe: