Navegue:
CBA Alumínios (CBAV3): Votorantim vende mais uma parte da empresa por R$ 904 milhões

CBA Alumínios (CBAV3): Votorantim vende mais uma parte da empresa por R$ 904 milhões

Papéis foram vendidos por R$ 19 e operação reduz fatia da Votorantim na CBA de 76% para 67,6%

Tarugo de Alumínio

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

A Votorantim vendeu mais uma parte da fatia que detém na CBA Alumínios (CBAV3) por R$ 904 milhões, aproveitando a valorização acumulada pelas ações da companhia neste ano. 

Em comunicado, a CBA divulgou que a Votorantim vendeu 47,6 milhões de ações da companhia em uma oferta secundária a investidores institucionais.

A quantidade ficou acima do volume mínimo previsto – 34 milhões de ações – e significa que a Votorantim reduziu sua fatia na CBA de 76% para 67,6%.

O preço de venda das ações foi fixado em R$ 19,00 – menor que o valor destes papéis no fechamento de ontem, de R$ 19,28 -, e deixou o valor total arrecadado pela Votorantim perto do que a companhia pretende pagar por uma fatia de 4,5% na CCR (CCRO3)

A venda de mais uma parte da CBA pela Votorantim ocorre num momento de valorização de quase 50% nas ações da CBA neste ano.

O preço dos papéis está em ascensão acompanhando a arrancada nos preços do alumínio. A ação da empresa atingiu um valor recorde de R$ 24,90 no início de março após a Rússia, um dos grandes exportadores mundiais de alumínio, sofrer sanções econômicas por invadir a Ucrânia.

As medidas dificultaram a venda do produto russo ao exterior, e impulsionaram ainda mais os preços do alumínio, que chegaram a passar de US$ 4 mil por tonelada na London Metal Exchange, principal bolsa de negociação de metais do mundo.

gráfico com histórico dos preços do alumínio na London Metal Exchange
Fonte: LME

Compartilhe:

Compartilhe: