Navegue:
brMalls (BRML3) volta a conversar com Ancar para comprar participação em até 6 shoppings, diz site

brMalls (BRML3) volta a conversar com Ancar para comprar participação em até 6 shoppings, diz site

Em troca, a brMalls ofereceria participação acionária, segundo o Pipeline, do Valor Econômico

iguatemipoa

O Iguatemi Porto Alegre é um dos shoppings que podem entrar no negócio. Foto: divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

Após ter recusado uma oferta de fusão feita pela Aliansce Sonae (ALSO3), a brMalls (BRML3) retomou negociações com a Ancar, também do segmento de shoppings e com presença em 13 cidades do país, segundo apuração do site Pipeline, do Valor Econômico.

Conforme informou o site, a brMalls tem interesse em comprar a participação da Ancar em cinco ou seis shoppings. Para absorver os ativos, a brMalls ofereceria ações em troca.

As unidades que despertam maior interesse são o Iguatemi Porto Alegre; Conjunto Nacional, em Brasília; e Nova América, no Rio. Também estão no radar o Botafogo Praia, no Rio; o Pantanal Shopping, em Cuiabá; e o Centervale, em São José dos Campos.

Segundo uma fonte disse ao Pipeline, o negócio seria de cerca de R$ 2,5 bilhões. Se o negócio for realizado via participação acionária na brMalls, os donos da Ancar — Ivanhoé (do fundo canadense CDPQ) e a família Carvalho — poderiam chegar a ter uma fatia de 25%, na cotação atual.

As duas companhias chegaram a conversar sobre uma possível fusão parcial em 2020, mas não houve um consenso.

As negociações foram retomadas após a Aliansce Sonae tentar uma fusão com a brMalls. O interesse foi demontrado no fim do ano passado e uma proposta de R$ 7 bilhões chegou a ser feita. A brMalls, porém, recusou o acordo. A Aliansce Sonae, contudo, disse em janeiro que não havia desistido.

No fim do mês passado, um dos principais acionistas da Aliansce Sonae, o Canada Pension Plan Investment Board (CPPIB), também acionista da brMalls, aumentou a sua participação na segunda para 5,76%.

Leia mais: Insistência da Aliansce Sonae (ALSO3) mostra que negativa da brMalls (BRML3) não é definitiva, dizem analistas

Por volta das 17h10, as ações da brMalls subiam 2,70%, a R$ 9,52. As ações da Aliansce Sonae tinham alta de 0,87%, a R$ 21,98.

 

 

 

Compartilhe:

Compartilhe: