Ata do Copom, dados de serviços e o que mais você precisa saber para investir bem nesta terça-feira

Mercado vai sondar documento para entender o que pode deixar BC menos inclinado a elevar a Selic

Campos Neto inflação
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central divulga às 8h a ata da reunião de política monetária ocorrida na semana passada.

Na ocasião, o grupo elevou a taxa básica de juros de 8,75% para 9,25%, e indicou que em fevereiro a Selic vai subir para 10,75%. Além disso, afirmou ser justificável manter juros mais altos até o mercado esperar uma inflação mais alinhada com a meta de 3,50% no ano que vem e de 3,25% em 2023.

O mercado considerou o comunicado com a decisão mais austero do que o previsto, e agora buscará na ata alguns detalhes sobre os próximos passos do Copom.

Os especialistas querem saber, por exemplo, se houve algum receio do colegiado em enfatizar que seu objetivo é conter a inflação, visto que os juros mais altos devem prejudicar a atividade econômica.

Outro ponto que também pede esclarecimento diz respeito a qual vai ser o grau de tolerância do Banco Central a uma inflação acima da meta em 2022.

Por último, haverá uma busca na ata por comentários sobre como o Copom enxerga o cenário fiscal do ano que vem, dado que no momento da reunião já havia a perspectiva de abertura de gastos adicionais por parte do governo federal.

Como isso afeta seus investimentos

Os agentes de mercado levaram a sério a decisão mais recente do Copom. O Boletim Focus desta segunda-feira mostrou que as instituições financeiras elevaram a projeção para a Selic no ano que vem e reduziram a previsão de crescimento da economia para os próximos anos.

Qualquer indício de que o Banco Central pode abandonar a ideia de austeridade no meio do caminho — seja por receio de desaceleração da economia, seja por sinais de uma diminuição mais acentuada na inflação — pode dar novo fôlego ao preço das ações e ao dólar, e empurrar para baixo os rendimentos de ativos de renda fixa.

Outros destaques

A Câmara dos Deputados deve votar os trechos remanescentes da PEC dos Precatórios, capazes de liberar pouco mais de R$ 46 bilhões em despesas adicionais no orçamento de 2022. Esse espaço fiscal é importante porque o governo está contando com o dinheiro para cobrir despesas obrigatórias no ano que vem obedecendo à regra do teto de gastos — que limita o crescimento dos gastos públicos à inflação.

Além disso, o IBGE divulga dados sobre a receita do setor de serviços de outubro, às 9h, e a China publica números de produção industrial e vendas no varejo, às 22h30.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Rolar para o topo
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais