Navegue:
Aneel aprova minuta do contrato de hidrelétricas da Eletrobras

Aneel aprova minuta do contrato de hidrelétricas da Eletrobras

Foram listadas 22 usinas hidrelétricas por meio da nova legislação, administradas por subsidiárias da ex-estatal

eletrobras divulgacao

Foto: Eletrobras/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou na terça-feira, 5, o aprimoramento da minuta do contrato de concessão que vai regular a exploração dos potenciais de energia hidráulica envolvidos na privatização da Eletrobras.

Segundo a entidade, foram listadas 22 usinas hidrelétricas por meio da nova legislação, administradas por subsidiárias da ex-estatal.

“Está prevista na lei a mudança do regime de cotas para o regime de Produção Independente de Energia (PIE), com liberdade para o gerador comercializar a garantia física das usinas como for mais conveniente, seja no Ambiente de Contratação Regulada (ACR) ou no Ambiente de Contratação Livre (ACL)”, destacou a Aneel, em nota.

Atualmente, a maioria das geradoras mantém regime de cotas, em que a usina aloca toda a sua garantia física às distribuidoras, no ACR, e cabe à Aneel regular a receita dos geradores, que passa pelos processos de reajuste e revisão tarifária. Nesse regime, o risco hidrológico é repassado ao consumidor.

Já pelo novo sistema, o gerador vai assumir o risco hidrológico.

A garantia física é a quantidade máxima de energia relativa à usina que poderá ser utilizada para comprovação de atendimento.  O risco hidrológico é o déficit entre a garantia física das hidrelétricas e a energia efetivamente gerada por elas.

Ibovespa

Por volta das 16h50, os ativos PNB da Eletrobras caíam 1,02%, cotados a R$ 36,90. Na base anual, contudo, os ativos sobem cerca de 27% na B3. Acompanhe a cotação em tempo real pelo TradeMap.

Compartilhe: