Navegue:
Brasil cria mais de 300 mil vagas com carteira assinada em junho, diz Caged

Brasil cria mais de 300 mil vagas com carteira assinada em junho, diz Caged

A projeção era que o Brasil registrasse a abertura de 267,6 mil postos formais no período em análise

Carteira de trabalho - Agência Brasilia
Por:

Compartilhe:

Por:

A economia brasileira criou 309.114 vagas de emprego com carteira assinada em junho, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) publicados nesta quinta-feira, 29, pelo Ministério da Economia. Este foi o terceiro maior resultado da série histórica e o maior para o mês de junho.

Para os analistas consultados pela Refinitiv, a projeção era que o Brasil registrasse a abertura de 267,6 mil postos formais no período em análise.

Segundo a pasta, o número decorreu de 1.601.001 admissões e de 1.291.887 desligamentos. Com isso, em junho, o total de empregados com carteira no país somou 40.899.685, uma variação de 0,7% em comparação a maio.

O Caged informou que o Brasil criou 1.536.717 vagas de emprego formal no primeiro semestre de 2021. Esse saldo é decorrente de 9.588.085 contratações e de 8.051.368 demissões.

O mercado de trabalho formal registra forte recuperação desde julho de 2020, com exceção de dezembro, quando teve saldo negativo.

Todos os grupos de atividades pesquisados pelo Ministério da Economia tiveram salto positivo no mês:

  • Serviços: +125.713
  • Comércio: +72.877
  • Indústria: +50.145
  • Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura: +38.005
  • Construção: +22.460

Foto: Agência Brasília

Compartilhe: