Resultados trimestrais da Vale, BR Distribuidora, Gol e Duratex

Resultados trimestrais
Vale

A Vale (VALE3) informou ao mercado que registrou queda no lucro líquido de US$ 133 milhões no segundo semestre de 2019. Esse declínio vem logo após o resultado do 1T19, com perda de US$ 1,6 bilhão. De acordo com o InfoMoney, o valor negativo fica por conta das novas provisões relacionadas à tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais, que somaram US$ 1,5 bilhão.

O Ebitda ajustado entre abril e junho ficou em US$ 3,098 bilhões, uma queda de 20% em relação ao ano passado.

No entanto, analistas projetavam lucro de US$ 2,508 bilhões para a Vale, sem considerar provisões adicionais por conta do acidente em Brumadinho. Já a receita líquida da companhia atingiu US$ 9,186 bilhões, em média com o esperado pelo mercado (US$ 9,458 bilhões).

Por volta das 11h40, os papéis da Vale estavam liderando as maiores baixas da B3, com queda de 1,79%.

Tela de ações da VALE3 no TradeMap
Tela de ações da VALE3 no TradeMap
BR Distribuidora

A BR Distribuidora (BRDT3) obteve lucro líquido de 302 milhões de reais no 2T19, aumento de 14,8% em comparação ao mesmo período de 2018.

Já a receita da companhia ficou em R$ 24,045 bilhões, acréscimo de 1,9% em relação ao 2T18. O Credit Suisse mantém recomendação de outperform, com preço-alvo de R$ 32.

Gol

A companhia aérea Gol (GOLL4) divulgou prejuízo de 120 milhões de reais no segundo trimestre, o que representa melhora de 93,6% na comparação com as perdas de R$ 1,8 bilhão de um ano anterior.

A receita líquida subiu 33,4%, para R$ 3,1 bilhões no segundo trimestre. Esse número cresceu, principalmente, ao aumento de receita de passageiros.

Em paralelo à apresentação dos resultados, a Gol apresentou um programa de recompra de ações.

Duratex

A Duratex (DTEX3) atingiu lucro líquido de R$ 69,378 milhões no segundo trimestre, um valor inferior em 58,4% em comparação ao mesmo período do ano passado. A companhia informou ter tido um lucro líquido recorrente de R$ 69,480 milhões, o que, neste caso, representa uma alta de 152%.

A receita líquida consolidada sofreu queda de 2 pontos percentuais, para R$ 1,144 bilhão.

De acordo com o Bradesco BBI, os resultados da Duratex estão em linha, mas abaixo do potencial.