O que é a Bolsa de Valores e como funciona?

A Bolsa de Valores de São Paulo, antiga BM&F Bovespa e Cetip e atual B3 (Brasil, Bolsa e Balcão), é um espaço onde são negociados vários tipos de ações e fundos de empresas de capital aberto no Brasil.

Para que a empresa venda seus papéis é necessário realizar a abertura de capital, ou conhecido como IPO (Oferta Pública Inicial, da sigla inglesa Initial Public Offering). Após análise e autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), é agendado um dia na Bolsa para que ocorra o evento de iniciação e a companhia vende uma quantidade de ações por um preço pré-determinado. No caso da Centauro, a empresa faturou R$ 772,2 milhões com 61,776 milhões de ações vendidas a R$ 12,50 cada.

Mas para que abrir capital?

Existem três formas de uma empresa financiar seus projetos:

1 – Utilizar o dinheiro do próprio caixa;
2 – Pegar um valor emprestado de alguma instituição financeira;
3 – Vender uma parte de seu patrimônio.

Quando uma companhia atinge certo tamanho, o mais vantajoso acaba sendo vender uma fração de seu capital, conhecida como “ação”.

Dessa forma, o investidor que comprar os papéis da empresa vai se tornar um sócio e receberá parte do lucro da companhia, os chamados dividendos. Cada companhia listada na B3 tem o dever de repartir, pelo menos, 25% do lucro com os seus acionistas. A divisão ocorre de forma proporcional a quantidade que cada investidor possui em papéis.

Como comprar ações?

O primeiro passo para o investidor comprar ações é a abertura de uma conta em corretora de investimentos ou corretora de valores. Depois que a companhia ofertar suas ações, a corretora faz a intermediação da compra dos papéis e oferece aos primeiros investidores. Esse processo é chamado de mercado primário.

Após essa primeira etapa, surge então a relação de oferta e demanda pelos papéis da empresa. O investidor primário poderá vendê-los, quando houver um aumento, e ganhar uma determinada quantia com essa venda. Já o investidor que tiver interesse irá comprá-los e, dessa forma, movimentar o mercado de ações.

Mas existem outras negociações na Bolsa de Valores:

  • Contratos Futuros de Commodities
  • Contratos Futuros de Moedas
  • Contratos Futuros de Índices
  • Opções de Ações

E se a empresa decidir fechar capital na Bolsa?

Caso uma companhia deseje encerrar suas operações na Bolsa – chamado de OPA (Oferta Pública de Aquisição) –, então é divulgado um fato relevante sobre a decisão e, em até 30 dias, enviado um pedido à CVM para que seja feito o fechamento de capital, da qual decidirá a solicitação.

Cada acionista deverá credenciar uma corretora para representá-lo na votação de preço das ações e decidir assim o valor do laudo da empresa. O depósito leva até 15 dias na conta de cada investidor depois de acertada a oferta.

Escrever um comentário