Gol assina acordo com Avolon para eVTOL

A companhia pretende iniciar operações com malha aérea brasileira usando aeronaves eVTOL em 2025

Gol, foto divulgação

Foto: Gol/Divulgação

Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

A Gol (GOLL4) anunciou, em conjunto com o Grupo Comporte, entidade de seu acionista controlador, a assinatura de um protocolo de intenções não-vinculante com a Avolon para aquisição e/ou arrendamento de 250 aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOL). A novidade foi comunicada nesta terça-feira, 21.

A companhia pretende iniciar operações com malha aérea brasileira usando aeronaves eVTOL em meados de 2025, contanto que o avião seja certificado e que suas entregas aconteçam com sucesso.

Os recursos necessários para investimento nesse projeto estão sendo providos pelo Grupo Comporte. A ação utilizará a expertise em aviação da Gol para desenvolver a malha aérea utilizando as aeronaves VA-X4 eVTOL.

O modelo de aeronave que está sendo negociado foi criado pela companhia britânica Vertical Aerospace, e é considerado um dos táxis aéreos mais confiáveis e avançados em tecnologia atualmente em desenvolvimento.

Leia também:   Banco Inter (BIDI11): Inter Plataform obtém aprovação de registro junto à SEC

O acordo é parte da estratégia comercial da Gol, que busca se expandir seletivamente no mercado de transporte aéreo regional, abrindo novas rotas para mercados domésticos pouco atendidos.

Pensando no mesmo objetivo, a Gol adquiriu a MAP Transportes Aéreos, quita maior empresa aérea doméstica do Brasil, que opera em rotas na região amazônica, a partir do Aeroporto de Manaus, e nas regiões sul e sudeste, a partir do Aeroporto de Congonhas. O anúncio da transação ocorreu em junho deste ano.

As aeronaves VA-X4 eVTOL podem transportar até quatro passageiros e um piloto, com velocidade máxima de 320 km/h. O ruído do avião é 100 vezes inferior ao produzido por um helicóptero em voo de cruzeiro.

Leia também:   Vibra Energia (VBBR3), antiga BR Distribuidora, finaliza acordo com CEA

O primeiro passo da nova parceria é a realização de um estudo de viabilidade, que inclui certificação da aeronave e análise da infraestrutura necessária para operar a aeronave com a ANAC, o DECEA e outras autoridades aeronáuticas.

A Avolon espera que o processo de certificação da aeronave no Brasil seja concluído até 2024, permitindo que a Gol inicie voos comerciais com o eVTOL como parte de sua malha aérea em 2025.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais

Não vá ainda...

Baixe o nosso App!

O maior hub do mercado financeiro
na palma da sua mão!

Popup out planos