Fundos de investimentos avançam e atingem R$ 44,9 bi em maio

Os fundos de investimentos alcançaram o valor de R$ 44,9 bilhões em maio, de acordo com matéria publicada no DCI. Segundo a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), o segmento de fundos já acumula ingressos líquidos de R$ 86,5 bi no ano, uma alta de 29,5% em relação aos cinco primeiros meses do ano passado.

Segundo o vice-presidente da Anbima, Carlos André, a percepção de que os juros permaneçam baixo por um longo tempo estimula a diversificação na carteira.

O destaque fica para os fundos de ações, com captação líquida de R$ 19,7 bilhões entre janeiro e maio. Porém, em relação a 2018, o resultado está 8,2% abaixo do mesmo período.

Em seguida, os fundos de previdência tiveram alta de 14,6% sobre os cinco primeiros meses em contrapartida de 2018, o que representa o valor de R$ 10,7 bilhões. No entanto, os FIDCs (Fundos de Investimento em Direitos Creditórios) detiveram a maior captação líquida do ano, com R$ 43,1 bilhões.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Escrever um comentário