De olho no mercado: ações do Banco Inter

As ações do Banco Inter (BIDI4) subiram 34% na última semana, devido o desdobramento dos seus ativos, de 1 para 6, e futura oferta subsequente (follow on). Além do mais, a companhia aprovou programa para emissão de units (BIDI11).

Na segunda-feira, 8, o banco começou o período de conversão de ações preferenciais em units, como informa o portal InfoMoney. O prazo vai até o dia 15. A efetivação ocorrerá após o Banco Central aprovar a ata da assembleia geral extraordinária, marcada para o dia 17.

No entanto, para que ocorra de fato a conversão é necessário a adesão de, no mínimo, 40% dos investidores detentores dos papéis preferenciais. Caso não chegue a este percentual, as units serão canceladas.

As units serão compostas por duas ações preferenciais (PN) e uma ordinária (ON).

Além disso, o Banco Inter já teria contrato bancos para coordenar uma oferta de R$ 1 bilhão em ações, de acordo com a Reuters.

Segundo o Brazil Journal, os acionistas da companhia terão prioridade na oferta, como retrata a Instrução 476 da CVM (Comissão de Valores Mobiliários). O portal ainda informa que o número de negociação da empresa disparou de 2 mil por dia para 33 mil. Já o giro diário explodiu para mais de R$ 200 milhões na última sexta-feira, 5, ante R$ 35 mi.

Pelo TradeMap, onde você pode acompanhar o mercado acionário em tempo real, conseguimos ver que as ações do Banco Inter estão entre as maiores altas de Small Caps, assim como um dos principais volumes negociados na B3.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp