China exige remoção de tarifas para comprar produtos dos EUA

dolar yuan

Segundo a agência de notícias Bloomberg, a China terá dificuldades em comprar US$ 50 bilhões em produtos agrícolas dos Estados Unidos, a menos que retire as tarifas de retaliação impostas sobre os produtos norte-americanos.

A agência revela que duas fontes com conhecimento no assunto apontam que a ação exigiria uma reciprocidade do presidente dos EUA, Donald Trump.

Apesar da China estar disposta a comprar mais produtos agrícolas, como parte da “primeira fase”, não é provável que a segunda economia do mundo atinja os valores determinados por Trump – entre US$ 40 bilhões a US$ 50 bilhões.

→ Leia também: EUA e China chegam a um acordo parcial

De acordo com a matéria, a China fará as compras somente se o governo estadunidense retirar as sobretaxas aplicadas desde o início da guerra comercial – que já dura mais de 15 meses.

Ontem, o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, disse, em entrevista à rede CNBC, que se o acordo firmado na última sexta-feira com a China não entrar em vigor, as tarifas comerciais previstas para o dia 15 de dezembro serão implantadas.

Foto: Freepik

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp