CCJ aprova PEC paralela da reforma da Previdência

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou nesta quarta-feira, 6, o relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) paralela da reforma da Previdência.

O texto, que faz algumas alterações em pontos da reforma da Previdência, incluindo estados e municípios nas novas regras da aposentadoria, foi aprovado por 20 votos a 5.





A PEC paralela agora segue ao plenário da Casa e, se aprovada, vai para análise da Câmara dos Deputados. De acordo com o UOL, o governo tenta agilizar a discussão e votar o texto ainda hoje.

A reforma da Previdência foi aprovada em outubro e deve ser promulgada no dia 16 deste mês, segundo o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, acrescentando que ainda não houve a promulgação devido à agenda do presidente Jair Bolsonaro.

“O prazo para promulgar é até o dia 16 de novembro. Daqui para lá vai se encontrar uma data para fazer a promulgação”, disse o ministro, após a cerimônia de comemoração dos 300 dias de governo Bolsonaro.

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Leia também:   Ações da CCR entram em disparada após anúncio de acionista

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp