Bradesco pode aumentar capital social em R$ 4 bilhões por meio de bonificação

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Na última sexta-feira (7), o Bradesco informou ao mercado que aumentará seu capital social em R$ 4 bilhões, por meio da emissão de 806.382.972 ações – sendo 403.191.507 ativos ordinários e 403.191.465 papéis preferenciais.

Segundo o fato relevante, os papéis serão atribuídos aos acionistas na proporção de uma nova ação para cada 10 ativos da mesma espécie de que forem titulares na data-base – que será fixada após a homologação do processo pelo Banco Central.





O Bradesco aponta que a bonificação tem o propósito de “aumentar a liquidez das ações no mercado e possibilitar um ajuste na cotação das ações, tornando o preço por ativo mais atrativo e acessível a um maior número de investidores”.

No entanto, a operação precisa ser aprovada pela Assembleia Geral do banco, que acontecerá no dia 10 de março, às 16h, na sede do Bradesco.

Se aprovada, o capital social do Bradesco passará de R$ 75,1 bilhões para R$ 79,1 bilhões.

JCP

O Bradesco também informou que manterá a distribuição de juros sobre capital próprio mensais no valor líquido de impostos de R$ R$ 0,014662352 por ação ordinária e R$ 0,016128588 por ação preferencial.

Ibovespa

Às 10h45, os ativos PN e ON subiam 0,65% e 1,14%, respectivamente. Acompanhe a cotação em tempo real com o TradeMap.





Bradesco - BBDC4 e BBDC3, às 10h45, no TradeMap
BBDC4 e BBDC3, às 10h45, no TradeMap

Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Leia também:   Camil finaliza o 4º tri com lucro de R$ 85,1 milhões

Tags:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp