Varejista Havan desiste de IPO

Com a desistência da Havan, já são 14 IPOs cancelados este ano

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Havan desistiu de realizar sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), segundo dados divulgados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) na última terça-feira, 27.

Com a oferta anunciada em agosto, os recursos da operação seriam destinados para financiar aberturas de centros de distribuição e de novas lojas, além de investimentos em tecnologia e reforço de capital de giro.





De acordo com a agência Reuters, Luciano Hang, controlador da Havan, estava enfrentando dificuldades há algumas semanas para levar adiante o IPO, uma vez que investidores não aceitaram avaliar a companhia em cerca de R$ 100 bilhões, como pretendia o empresário.

Com a desistência da Havan, já são 14 IPOs cancelados este ano. Isso significa que, mesmo com a taxa de juros na mínima histórica de 2% ao ano, o mercado sente as incertezas quanto aos impactos econômicos da pandemia de Covid-19.

Leia também:   CVM pode reduzir os critérios de investidor qualificado

Foto: Reprodução

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp