Solicitações de seguro-desemprego nos EUA ficam abaixo do esperado

Ao todo, foram 900 mil solicitações feitas na semana encerrada em 16 de janeiro

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O número de pedidos iniciais de seguro-desemprego nos Estados Unidos caiu na última semana, segundo dados divulgados nesta quinta-feira, 21, pelo Departamento do Trabalho do país.

Antecipe seu futuro: inscreva-se agora no curso 100% gratuito sobre criptomoedas e garanta bônus exclusivos 





Ao todo, foram 900 mil solicitações feitas na semana encerrada em 16 de janeiro, o que representa 36 mil pedidos a menos que o nível revisado de 926 mil registrados na semana anterior.

A leitura ficou um abaixo da estimativa de 925 mil pedidos dos economistas consultados pelo The Wall Street Journal. Apesar de ainda ser um número alto, as solicitações de benefício vêm diminuindo gradualmente desde o auge da pandemia. Em março de 2020, houve um pico de mais de 6 milhões de norte-americanos que pediram o auxílio.

Leia também:   Vivara reporta queda de 79,4% no lucro do 1º trimestre de 2021

Enquanto isso, os pedidos contínuos na semana encerrada em 9 de janeiro somaram 5,054 milhões – valor menor do que o esperado pelo mercado, de 5,3 milhões.

banner blog

Foto: Unsplash

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp