Setor de serviços avança 1,7% em junho e atinge o maior nível em cinco anos, aponta IBGE

Dessa forma, o setor se encontra 2,4% acima de fevereiro do ano passado, no período pré-pandemia, e alcançou o patamar mais elevado desde maio de 2016

setor de servicos pixabay
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

O volume de serviços cresceu 1,7% na passagem de maio para junho e, com isso, acumula ganhos de 4,4% nos últimos três meses. As informações constam na Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada nesta quinta-feira, 12, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

→ Leia também: Vendas no comércio varejista caem 1,7% em junho, diz IBGE



Dessa forma, o setor se encontra 2,4% acima de fevereiro do ano passado, no período pré-pandemia, e alcançou o patamar mais elevado desde maio de 2016.

Em comparação a junho de 2020, a taxa reportou avanço de 21,1%, o quarto aumento consecutivo. No acumulado do ano, o setor cresceu 9,5% frente ao mesmo período do ano anterior. Em 12 meses, ao passar de -2,1% em maio para 0,4% em junho, manteve a trajetória ascendente iniciada em fevereiro deste ano (-8,6%).

Leia também:   IBC-Br: prévia do PIB cai 0,15% em agosto, pior que o previsto pelo mercado

Mesmo com o avanço, o setor ainda está 9,1% abaixo do recorde histórico, alcançado em novembro de 2014.



Para os analistas consultados pela Refinitiv, a previsão era de que o volume de serviços registrasse alta mensal de 0,2% e de 17,5% na base anual.

Grupos

De acordo com o IBGE, o desempenho do setor em junho foi puxado por todas as cinco atividades investigadas, com destaque para os serviços de informação e comunicação (2,5%), alcançando o ponto mais alto de sua série. Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (1,7%) e serviços prestados às famílias (8,1%) também se sobressaíram no período.

Com menores impactos no índice geral, vieram os serviços profissionais, administrativos e complementares (1,4%) e os outros serviços (2,3%), que mostraram crescimento acumulado no período maio-junho de 3,6% e 3,5%, respectivamente.

Leia também:   IGP-10 registra queda de 0,31% em outubro, aponta FGV

“Embora todas as atividades tenham avançado, esse resultado se deve, principalmente, a um conjunto de serviços que se beneficiou da própria pandemia ou não foi tão afetado por ela”, comenta Rodrigo Lobo, analista da PMS.

Segundo ele, são os setores mais dinâmicos que conseguiram se reposicionar, aproveitando as oportunidades geradas pela pandemia, dado o efeito que ela teve na atividade econômica.

1º semestre

O setor de serviços fechou o primeiro semestre de 2021 com crescimento de 9,5%, com avanços em todas as cinco atividades pesquisadas e em mais da metade (63,3%) dos 166 tipos de serviços investigados.

Entre os setores, as contribuições positivas mais importantes ficaram com transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (14,8%) e informação e comunicação (8,4%).

Leia também:   No Ceará, Bolsonaro confirma Auxílio Brasil de R$ 400

Atividade turística

O índice de atividades turísticas avançou 11,9% em junho na comparação a maio. É a segunda taxa positiva seguida, período em que acumulou crescimento de 43,0%.

O IBGE aponta que o turismo ainda necessita crescer 29,5% para retornar ao patamar pré-pandemia, em fevereiro do ano passado.

Todas as doze unidades da federação observadas nesse indicador apresentaram taxas positivas, com destaque para São Paulo (5,3%), seguido por Rio de Janeiro (12,4%) e Minas Gerais (19,7%).







Para ler a PMS completa, acesse aqui!

Foto: Pixabay

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais