Reservas do FMI vão ser elevadas para financiar alívio à pandemia, diz agência

Os líderes financeiros vão assinar o acordo em uma reunião online na próxima sexta-feira

FMI | Divulgação
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

As nações que fazem parte do G7 concordaram em aumentar as reservas do Fundo Monetário Internacional (FMI) em cerca de US$ 650 bilhões por meio de uma alocação de Direitos Especiais de Saque do fundo. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira, 17, pela agência de notícias japonesa Kyodo.

De acordo com a agência, o aumento das reservas será utilizado para financiar um pacote de estímulos às economias emergentes atingidas pela pandemia de Covid-19.

Sem citar fontes, a Kyodo informou que os líderes financeiros dos países do Grupo dos Sete vão assinar o acordo em uma reunião online que será realizada na sexta-feira desta semana.

Leia também:   PEC fatiada, explosão de covid na Europa e o que mais você precisa saber para investir bem hoje

Foto: Divulgação

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

BLACK

WEEK

tag
Dias
Horas
Min.
Seg.

Não vá ainda...
Olha só o que tá rolando!

Popup Banner Black Week 3 1