Pedidos de seguro-desemprego nos EUA somam 861 mil, aponta Departamento do Trabalho

O número da semana imediatamente anterior foi revisado para cima, passando de 793 mil para 848 mil pedidos

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

As novas solicitações de seguro-desemprego nos Estados Unidos subiram em 13 mil e totalizaram 861 mil na semana passada, de acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira, 18, pelo Departamento do Trabalho do país.

Enquanto isso, o número da semana imediatamente anterior foi revisado para cima, passando de 793 mil para 848 mil pedidos.





Para os economistas consultados pelo The Wall Street Journal, a expectativa era de que houvesse 773 mil solicitações nesse período. Com isso, os dados apontam que o mercado de trabalho norte-americano está enfrentando dificuldades em meio à pandemia de Covid-19.

Já os pedidos contínuos, ou seja, aqueles cujos benefícios já passam de duas semanas seguidas ou mais, apresentaram uma queda de 64 mil, recuando para pouco menos de 4,5 milhões.

Leia também:   Privalia decide adiar seu IPO na Bolsa

Foto: Unsplash

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp