Pedidos de seguro-desemprego nos EUA caem 249 mil na semana, para 1,186 milhão

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos Estados Unidos somaram 1,186 milhão na semana passada, o que representa uma redução de 249 mil solicitações na comparação com a semana imediatamente anterior. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 6, pelo Departamento do Trabalho do país.

Com isso, o resultado veio melhor do que a projeção de economistas ouvidos pelo The Wall Street Journal, que esperavam 1,423 milhão de pedidos no período reportado.

Já as solicitações contínuas, ou seja, os pedidos que correspondem aos norte-americanos que contam com o benefício por duas semanas seguidas, caíram 844 mil, para um total de 16,1 milhões.





De acordo com o jornal Valor Econômico, o número de novos pedidos na semana encerrada em 1 de agosto é menor desde 14 de março, quando a pandemia de covid-19 começou a afetar a economia dos EUA.

Por outro lado, os números continuam muito acima dos níveis anteriores da pandemia. Antes da crise financeira marcada pelo coronavírus, o recorde era de 695 mil solicitações, em 1982.

Foto: Reuters

Leia também:   Magazine Luiza anuncia aquisição da plataforma Jovem Nerd

Tags:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp