Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA somam 1,877 milhão

USA, foto de Reuters

O Departamento do Trabalho dos Estados Unidos anunciou nesta quinta-feira (4) que os novos pedidos de auxílio-desemprego somaram 1,877 milhão na semana passada.

→ Leia também: Setor privado corta 2,76 milhões de empregos em maio, revela ADP

Apesar de o nível permanecer alto, há uma desaceleração quando comparado em meados de março e abril, quando jurisdições foram impostas para o fechamento de comércios e outros serviços devido à pandemia do novo coronavírus.

Com a queda no número de pedidos ao seguro-desemprego americano, o mercado fica mais otimista com a esperança de que a pior fase do impacto da pandemia na economia dos EUA já passou.

O resultado ficou um pouco acima da projeção do The Wall Street Journal, que esperava um número de 1,800 milhão de solicitações ao benefício no período reportado.

Contudo, os pedidos contínuos de seguro-desemprego, ou seja, os norte-americanos que ainda continuam desempregados, totalizaram 21,5 milhões, uma expansão de 649 mil na semana passada.

Foto: Reuters

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp