img-tag

Lucro da Vale sobe 662% em um ano, para US$ 7,586 bilhões

Com isso, o indicador ficou próximo da projeção dos economistas consultados pela Refinitiv, que esperavam um resultado positivo de US$ 7,67 bilhões

Equipe TradeMap
Equipe TradeMap
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Vale registrou um lucro líquido de US$ 7,586 bilhões no segundo trimestre deste ano, cifra 662% superior à reportada há um ano, quando havia lucrado US$ 995 milhões. Em comparação aos três primeiros meses de 2021, houve expansão de 36,78%.

Com isso, o indicador ficou próximo da projeção dos economistas consultados pela Refinitiv, que esperavam um resultado positivo de US$ 7,67 bilhões.





Na moeda brasileira, o lucro líquido da mineradora atingiu a marca de R$ 40,09 bilhões durante os meses de abril a junho. No mesmo período de 2020, no auge da pandemia, a companhia tinha reportado ganhos de R$ 5,289 bilhões.

A forte disparada do preço do minério de ferro em meio a grande demanda da China influenciou no resultado da Vale.

Leia também:   Apple anuncia evento sobre iPhone 13 para próxima semana

Além disso, conforme consta no documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a companhia também atribui o desempenho positivo ao maior Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, em português) proforma e maiores resultados financeiros.

Em termos ajustados, o Ebitda somou US$ 11,038 bilhões no 2º trimestre, alta de 227% frente o mesmo intervalo de 2020 e crescimento de 32% em comparação ao trimestre imediatamente anterior.

Em reais, o indicador chegou à casa dos R$ 59,178 bilhões, contra um resultado de R$ 18,1 bilhões na comparação ano a ano.





De acordo com a Vale, o Ebitda recorde foi favorecido, principalmente, pelos maiores preços realizados e volumes de venda de minério de ferro e pelotas, parcialmente compensados por custos e despesas que são vinculados ao valor do minério de ferro como, por exemplo, compras de terceiros e royalties.

Leia também:   Fundos da TT International compram ações da Usiminas

Já a receita líquida da mineradora foi de US$ 16,6 bilhões, ou seja, crescimento de 121,8% na base anual e de 32% no comparativo trimestral. Enquanto isso, na moeda nacional, a receita líquida de vendas da empresa totalizou R$ 87,8 bilhões.

Acesse a Lâmina de Empresas do TradeMap para conferir mais dados relacionados à companhia

Foto: Vale/Divulgação

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais