img-tag

Lucro da Arezzo cresce 310% no 1º trimestre, para R$ 29,61 milhões

Equipe TradeMap
Equipe TradeMap
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Arezzo (ARZZ3) registrou lucro líquido de R$ 29,61 milhões no primeiro trimestre de 2021, de acordo com balanço corporativo divulgado na quinta-feira, 13. O valor representa uma alta de 310,7% frente ao mesmo período de 2020, quando o lucro foi de R$ 7,21 milhões. 

De acordo com a empresa, os fatores responsáveis pelo lucro no trimestre foram a inclusão da Ar&Co (união da Arezzo com a Reserva) no faturamento da companhia e a maior participação do e-commerce no mix de canais de vendas.





Com isso, a receita líquida entre janeiro e março somou R$ 499,95 milhões, um crescimento de 33,2% em relação ao mesmo período do ano passado. 

Já o lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de R$ 64,74 milhões frente R$ 35,99 milhões de um anos atrás, um aumento de quase 80%. 

“A Arezzo foi capaz de entregar um crescimento expressivo de Ebitda, principalmente devido à assertividade das coleções e maturidade das vendas digitais — capazes de viabilizar a geração de receita mesmo com fechamento das lojas físicas durante grande parte do trimestre”, diz a empresa em relatório.

As despesas comerciais da Arezzo aumentaram 31% no trimestre, para R$ 133,52 milhões, enquanto as despesas gerais e administrativas somaram R$ 52,39 milhões, alta de 57,1% em comparação com o primeiro trimestre de 2020.

→ Veja também: Hering recusa proposta de fusão da Arezzo

Leia também:   Vulcabras pagará R$ 86 milhões em dividendos intercalares

A companhia encerrou o primeiro trimestre com uma dívida líquida de R$ 93,1 milhões.





Outros dados do relatório 

As vendas do e-commerce entre janeiro e março tiveram uma receita de R$ 158,9 milhões, com destaque para as compras no aplicativo, que representaram 40% da receita no período.

Ao final de março, a Arezzo tinha 3 milhões de clientes ativos em sua base, sendo 300 mil deles novos clientes e outros 241,7 mil clientes reativados. 

A companhia é detentora das marcas Schutz, Anacapri, Ar&Co, Birman, Fiever e tem a distribuição da Vans no Brasil, além da própria Arezzo.

  • Arezzo – receita de R$ 223,2 milhões, crescimento de R$ 23%
  • Schutz – receita no Brasil de R$ 126 milhões e nos EUA R$ 39,3 milhões, avanço de 22,4 % no consolidado
  • Vans – receita de R$ 57,3 milhões, crescimento de 15,2%
  • Birman – receita no Brasil de R$ 8 milhões e nos EUA R$ 14,9 milhões, avanço de 10,2 % no consolidado 
  • Ar&Co – receita de R$ 90,3 milhões, avanço de 12,2%
  • Anacapri – receita de R$ 58,8 milhões, crescimento de 16,5%
  • Fiever  – receita de R$ 7,6 milhões, avanço de 14,9%

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais