JBS suspende operações em sede nos EUA por conta da pandemia

JBS - Foto de Ueslei Marcelino - Reuters

Em meio à disseminação do novo coronavírus no condado de Weld, em Colorado, a JBS USA informou ontem à noite, 13, que suspendeu temporariamente suas operações no abatedouro em Greely.

A paralização se entenderá por duas semanas, até o dia 24 de abril. Segundo a JBS USA, os mais de 6 mil funcionários continuarão recebendo durante este período.

“Embora a unidade de carne bovina de Greeley seja importante para o suprimento de alimentos e os produtores locais dos EUA, a disseminação contínua de coronavírus no condado de Weld exige ação decisiva”, informou o CEO da JBS USA, Andre Nogueira, em nota.

De acordo com o documento, são quase 740 casos de Covid-19 confirmados no condado. Apesar de não citar os funcionários, há mais de 40 trabalhadores da JBS USA já infectados com o vírus.

“A natureza rápida da disseminação da doença entre funcionários da JBS é muito preocupante, e o espalhamento exponencial entre os milhares de funcionários seria desvastador para os empregados e a companhia, e poderia rapidamente sobrecarregar os recursos médicos disponíveis em hospitais em Greeley e arredores”, disseram os responsáveis pelos departamentos de saúde pública do Colorado em carta à JBS USA, em 10 de abril.

No Brasil, a unidade JBS em Ipumirim também já possui dois casos de funcionários testados positivo com o Covid-19, segundo informações do prefeito de Concórdia (SC), Rogério Pacheco.

Ibovespa

Às 10h23, os papéis ordinários da JBS (JBSS3) subiam 1,27% no pregão desta terça-feira, 14. Acompanhe a cotação em tempo real com o TradeMap.

JBS, às 10h23
JBS, às 10h23

Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp