JBS registra lucro de R$ 4 bi no 4º tri, alta de 65%

A receita líquida do período foi de R$ 75 bi, aumento de 33,1% sobre 2019

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A JBS (JBSS3) encerrou o quarto trimestre com lucro líquido de R$ 4 bilhões, aumento de 65% em relação a 2019, reflexo do crescimento operacional e a um melhor resultado financeiro no período em análise. 

Entretanto, em 2020, o lucro líquido foi de R$ 4,6 bilhões, mostrando queda de 24,2% ante os R$ 6 bilhões do ano anterior. 





Sua receita líquida do período foi 33,1% maior se comparada a 2019, passando de R$ 57,13 bilhões para R$ 76,06 bilhões, com todas as unidades de negócios registrando crescimento na receita em reais. 

No período, cerca de 75% das vendas globais da JBS foram realizadas nos mercados domésticos em que a companhia atua, sendo que os 25% restantes foram por meio de exportações. 

A partir do Brasil, as vendas de carne bovina in natura, que corresponderam a 84% das exportações desta unidade de negócios, apresentaram aumento no volume e nos preços, de 3,2% e 19,8%, respectivamente.  

Leia também:   PagSeguro negocia a aquisição do Banco BV por R$ 16 bilhões, diz jornal

Os principais destaques de vendas no período foram para a China e Hong Kong, que registraram aumento de cerca de 60% na receita do período.  

Já no acumulado do ano, sua receita avançou 32,1%, para R$ 270,2 bilhões  





O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de R$ 7 bilhões, elevação de 24,1% em relação ao mesmo período de 2019. 

A margem Ebitda ajustada do trimestre foi de 9,2%.  

No ano, o Ebitda ajustado totalizou R$ 29,6 bilhões, crescimento de 48,7% em relação a 2019, enquanto a margem Ebitda ajustada foi de 10,9%.  

Nos últimos três meses do ano, a despesa financeira da dívida líquida foi de R$ 866,5 milhões, valor que corresponde a US$ 160,6 milhões e representa uma redução de US$ 15 milhões (-8,5%) em relação ao mesmo período do ano anterior. 

Leia também:   Infracommerce anuncia a compra da Summa Solutions por US$ 9 milhões

No ano de 2020 como um todo, o montante foi de R$ 3,7 bilhões, equivalentes a US$ 723,9 milhões e representa uma redução de US$ 83,9 milhões (-10,4%) em relação a 2019. 

Outro ponto de destaque do trimestre foi a redução de sua alavancagem, caindo de 2,16x para 1,56x.  

Em dólares, sua dívida líquida saiu dos US$ 10,7 bilhões de 2019 para os atuais US$ 8,9 bilhões. 

Já a alavancagem recuou, de 2,13x para 1,58x no mesmo período. 





Além disso, a JBS propôs o pagamento de dividendos de 1 real por ação, equivalente ao recorde de 2,5 bilhões de reais, para 2021.  

Segundo o presidente global, Gilberto Tomazoni, a listagem da JBS nos Estados Unidos continua sendo caminho natural e será feita em momento oportuno. 

Para saber mais detalhes sobre o resultado da companhia, acesse o TradeMap Web e veja a Lâmina de Empresa da JBSS3. 

Leia também:   Magalu prepara follow on que pode movimentar R$ 3 bilhões, diz portal

Foto: JBS/Divulgação

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp