Itaú lucra R$ 4,2 bilhões no segundo trimestre, queda de 40%

Itaú Unibanco, foto de Pilar Olivares - Reuters

O Itaú apresentou um lucro líquido recorrente de R$ 4,2 bilhões no segundo trimestre de 2020, um recuo de 40,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. Contudo, na comparação com o trimestre passado, o lucro do banco cresceu 7,5%.

O resultado ficou em linha com as projeções dos analistas consultados pela Bloomberg, que esperavam um lucro de R$ 4,255 bilhões para o período reportado.

Enquanto isso, o retorno sobre o patrimônio líquido (ROE), que mede como os bancos investem recursos de seus acionistas, caiu 10% na base anual, encerrando o segundo trimestre em 13,5%.

A margem financeira, por sua vez, teve uma queda de 3,66% entre abril e junho deste ano na comparação anual.

Já a receita de serviços do Itaú recuou 7,4 pontos percentuais, passando de R$ 9,063 bilhões para R$ 8,396 bilhões.

“As receitas de serviços apresentaram redução em função do impacto da menor atividade econômica nas receitas com cartões (emissor e adquirência), da menor atividade no mercado de capitais na receita de assessoria econômica, corretagem e fundos”, ressaltou o banco.

Por conta da crise financeira gerada pela pandemia de covid-19, o Itaú aumentou consideravelmente suas provisões para perdas com calotes, para R$ 7,5 bilhões, cifra 71,6% superior frente ao segundo trimestre de 2019. No entanto, o valor é menor do que os R$ 10,3 bilhões registrados nos três primeiros meses deste ano.

“Em meio ao cenário adverso da economia em face da pandemia de Covid-19 notamos alguns sinais de melhora ao longo do segundo trimestre. Por esse motivo, nosso modelo de provisionamento, que é atualizado em função das condições macroeconômicas, gerou menores provisões nesse trimestre do que no trimestre anterior, quando teve início a crise”, disse o Itaú em nota.

Veja mais detalhes!

Pelo TradeMap Premium é possível analisar os dados financeiros e de mercado de qualquer companhia listada na bola de valores (incluindo os ativos americanos).

Clique aqui e conheça nossos planos!

Foto: Pilar Olivares/Reuters

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp