img-tag

IPO da BR Partners será restrito e poderá movimentar R$ 517,5 mi

A faixa indicativa da oferta está entre R$16,00 e R$19,00

Equipe TradeMap
Equipe TradeMap
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A BR Partners divulgou nesta terça-feira, 15, que seus acionistas aprovaram a oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) de certificados de depósito de ações (units) com esforços restritos. 

A Oferta Restrita será destinada exclusivamente a investidores profissionais, com a procura limitada a 75 investidores institucionais locais e a aquisição de Units limitada a 50 investidores. 





De acordo com fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM)cada unit corresponderá a uma ação ordinária (ON) e duas ações preferenciais (PNs). 

Com a venda de 25.800.000 units, a oferta será constituída de distribuição primária (de 22,75 milhões de ações ON e de 45,5 ações PN) e secundária (de até 3,05 milhões de ações ON e 6,1 milhões de ações PN). 

Ainda existe a possibilidade de a oferta ser acrescida de um lote adicional de até 20% do total de ações inicialmente ofertado, em até 1,5 milhões de units, e um lote suplementar de até 1% do total, em até 2.275.000 units. 

A faixa indicativa de preço estará situada entre R$16,00 e R$19,00, com o preço podendo ser fixado acima ou abaixo do intervalo estabelecido. 

Com base no ponto médio da faixa, de R$ 17,50, a oferta movimentará R$ 398,12 milhões, sem considerar as units adicionais e suplementares, e R$ 517.562.00,00 caso sejam considerados os lotes adicional e suplementar.  





Os recursos líquidos provenientes da tranche primária serão destinados ao reforço da estrutura de capital e ao fortalecimento de balanço da Companhia, que permitirá “a expansão dos seus negócios nas áreas de Crédito Estruturado e Mercado de Capitais e Sales & Trading”. 

A fixação do preço deverá ocorrer no dia 17 de junho. 

Enquanto isso, o início da negociação das units no Nível 2 da B3 está marcado para o dia 21 deste mês, sob o código BRBI11. 

A operação será coordenada por BTG Pactual (líder), Itaú BBA e XP. 

Foto: Getty Images

Leia também:   Bradesco liquida R$ 810 milhões na 2ª rodada de aumento de capital da Compass

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais