IPCA tem deflação de 0,31% em abril, informa IBGE

IPCA de janeiro fica em 0,21%, diz IBGE - foto de Reinaldo Canato - VEJA

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) apresentou queda de 0,31% no mês de abril, segundo informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (8).

→ Leia também: O que é o IPCA?

A deflação ficou acima da expectativa dos economistas consultados pela Bloomberg, que esperavam por um declínio de 0,24% no período reportado pelo órgão. Com isso, essa foi a maior deflação mensal para o indicador desde agosto de 1998, quando apresentou queda de 0,51%.

Segundo o IBGE, o IPCA acumula alta de 0,22% no ano e de 2,40% nos últimos doze meses. Em abril de 2019, o índice teve uma taxa positiva de 0,57%.

Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, seis tiveram deflação em abril e o maior impacto negativo do mês, de -0,54 ponto percentual, veio do grupo de transportes (-2,66%). A segunda contribuição negativa mais intensa, de -0,05 p.p., veio dos artigos de residência (-1,37%), cuja queda foi mais intensa que a registrada em março (-1,08%).

No lado das altas, destaca-se o grupo de alimentação e bebidas (1,79%), que acelerou em relação a março, com impacto de 0,35 p.p. no IPCA de abril. Os demais grupos ficaram entre a queda de 0,22% em saúde e cuidados pessoais e a alta de 0,10% em vestuário.

Para ler o relatório completo do IBGE sobre o IPCA de abril, clique aqui.

Foto: Reinaldo Canato/VEJA

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp