IPCA-15 sobe 0,23% em agosto, informa IBGE

Agência Brasil

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) subiu 0,23% em agosto na comparação mensal, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira, 25, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No ano, o IPCA-15 acumula alta de 0,90% e, em 12 meses, de 2,28%, acima dos 2,13% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em agosto de 2019, o indicador atingiu a marca de 0,08%.

O indicador, considerado pelo mercado como uma prévia da inflação oficial do país, apresentou uma desaceleração em relação à taxa de julho, quando reportou expansão de 0,30%.

De acordo com o IBGE, apesar de o aumento nos preços de itens como gasolina e energia elétrica, a inflação permanece em patamares baixos em razão aos impactos da pandemia de Covid-19, fraca demanda e incerteza sobre o ritmo de recuperação da economia.

Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, sete tiveram alta em agosto. Os transportes (0,75%) registraram o maior impacto positivo no índice do mês, com 0,15 ponto percentual, embora tenha havido desaceleração em relação a julho (1,11%).

Já a maior variação positiva veio dos artigos de residência (0,88%), que subiram pelo quarto mês seguido. Os preços dos produtos e serviços de habitação (0,57%) e alimentação e bebidas (0,34%) também subiram, com impactos de 0,09 p.p. e 0,07 p.p., respectivamente.

No lado das quedas, o destaque foi educação (-3,27%), com contribuição de -0,21 p.p. Os demais grupos ficaram entre a queda de 0,63% em vestuário e a alta de 0,86% em comunicação.

Para ler o relatório do IBGE na íntegra, clique aqui.

Foto: Agência Brasil

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp