Ibovespa fecha acima dos 119 mil pontos nesta terça-feira

Indicador foi influenciado pelo forte crescimento das ações do setor siderúrgico e do varejo

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Após abrir em queda nesta manhã, o Ibovespa, principal indicador da Bolsa de Valores de São Paulo (B3), fechou acima dos 119 mil pontos. 

No pregão, fechou com alta de 0,41%, a 119.297,13 pontos, reduzindo um pouco de sua máxima do dia, de 119.529 pontos. 





Na mínima do dia, o indicador chegou a 118.041 pontos.   

O índice foi influenciado positivamente pelo forte crescimento das ações das empresas do setor siderúrgico, com destaque para a empresa Usiminas (USIM5), com alta de 2,89%, seguida pela CSN (CSNA3), que cresceu 2,69%, e pelas ações da Gerdau, com elevação de 2,47%.  

Além disso, as empresas do setor de varejo também apresentaram intensa valorização, com destaque para as ações da Lojas Americanas (LAME4), que dispararam e finalizaram o dia com alta de 9,26%, e da B2W (BTOW3), que cresceram 8,85%, liderando os ganhos do pregão.   

Leia também:   Desistências de IPO já somam 31 casos em 2021

Enquanto isso, o dólar à vista caiu 0,48%, sendo cotado a R$ 5,71.   

Pela manhã, os investidores estavam acompanhando o desenrolar da falta de definição do Orçamento de 2021 e os problemas fiscais, com o risco de ultrapassar o teto de gastos do governo do Brasil.  





Ainda no radar dos investidores têm os riscos trazidos pelas acusações da CPI da Covid

O mercado americano foi o responsável por impulsionar os ânimos do Ibovespa depois da intensa oscilação dos índices pela recomendação da Food and Drug Administration (FDA) de pausar o uso da vacina da Johnson & Johnson após relatos de casos de coagulação do sangue.  

Tal recomendação foi revertida após o comunicado da Casa Branca, que disse não esperar problemas no programa de vacinação do país.  

Ainda nos EUA, a divulgação da inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (CPI) registrou alta de 0,6% em março na comparação a fevereiro, levemente acima do esperado.  

Leia também:   Ações da Eletrobras sobem com expectativa de privatização

Enquanto isso, chegou a 2,6% no acumulado dos doze meses.  

Ainda nessa semana, as atenções devem permanecer ao início da temporada de divulgação dos resultados corporativos

Principais índices dos EUA recuando 

O índice S&P 500 fechou com leve alta de 0,29%, aos 4.141 pontos.   

O índice de tecnologia Nasdaq fechou em 13.996 pontos, um elevação de 1,05%.   





Entretanto, o Dow Jones caiu 0,20%, a 33.677 pontos.   

Bolsas asiáticas fecham em queda  

O índice japonês Nikkei registrou alta de 0,72% em Tóquio, a 29.751 pontos.  

O Hang Seng, em Hong Kong, teve aumento de 0,29%, a 28.479 pontos.  

Na China continental, bolsas fecham em baixa  

O Xangai Composto teve forte queda de 0,48%, a 3.396 pontos.     

Na Oceania, a bolsa australiana fecha no positivo.   

Em Sydney, o S&P/ASX 200 aumentou 0,04%, a 6.976,00 pontos. 

Leia também:   Bolsas mundiais operam mistas nesta quarta-feira

Foto: Rafael Von Zuben/Divulgação

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp