Ibovespa aos 125k, Reforma Tributária, temporada de balanços no exterior e o que move o mercado hoje

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Em uma sessão extremamente volátil, o Ibovespa, principal indicador da bolsa brasileira (B3), encerrou esta quarta-feira, 21, em alta de 0,42%, aos 125.929,25 pontos, com um volume financeiro de R$ 17 bilhões. 

O índice não reagiu bem à divulgação da arrecadação de junho, que veio abaixo dos R$ 139,8 bilhões esperados pelo mercado, a R$ 137,169 bilhões. 





Depois do anúncio, o ministro da Economia, Paulo Guedes, reafirmou em seu discurso que o governo que não descarta taxar em 20% os dividendos distribuídos às pessoas físicas.  

Apesar disso, o mercado começou a se animar com os resultados financeiros positivos das empresas, tanto internamente quanto lá fora, conseguindo encerrar o dia no azul. 

Além disso, o preço do petróleo do tipo Brent, usado como referência pela Petrobras (PETR3;PETR4), disparou 4,14%. 

Assim, a estatal fechou o pregão em alta de 1,61%, estendendo os ganhos das últimas sessões após o acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados (Opep+) a respeito da produção da commodity. 

Lá fora, os índices das bolsas americanas fecharam em alta, se recuperando totalmente da baixa da segunda-feira.  





Os investidores deixaram momentaneamente de lado a preocupação com o aumento do número de novos casos de infecção pela variante Delta do coronavírus, voltando a atenção para a temporada de balanços. 

Em Wall Street, o índice Dow Jones subiu 0,83%, a 34.798 pontos.  

S&P 500 avançou 0,82%, a 4.358 pontos. Já o indicador de tecnologia Nasdaq aumentou 0,92%, a 14.631 pontos. 

dólar à vista recuou 0,73%, encerrando o dia a 5,1927 reais na venda. 

Ainda ontem, a Desktop Sigmanet estreou na B3, após captar cerca de R$ 700 milhões em sua oferta pública inicial de ações 

O preço por ação da empresa foi definido em R$ 23,50, fechando em alta de 3,19%.  

Agenda Econômica 

Para esta quinta-feira, 22, teremos a estreia da Multilaser na B3, cujas ações foram precificadas a R$ 11,10 por papel, próximo ao piso da faixa estimada pelos coordenadores, de R$ 10,80 a R$ 13,00 cada ativo. 

A agenda econômica traz importantes indicadores nos EUA, como os pedidos de auxílio desemprego, o indicador de antecedentes e as vendas de moradias usadas.  





Na Europa, haverá a reunião do Banco Central Europeu (BCE) para comentar a respeito de sua decisão quanto à taxa de juros.  

Por aqui, agenda segue bem esvaziada, tanto a econômica a corporativa. 

 Foto: iStock 

Leia também:   Bolsas internacionais sinalizam dia sem grande tendência nesta manhã de segunda-feira

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp