Federal Reserve corta juros em 0,5% devido ao coronavírus

Federal Reserve, foto de Andrew Harnik

O Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) efetuou nesta terça-feira, 3, um corte extraordinário de 0,5 ponto porcentual nas taxas de juros do país. O movimento levou em conta os possíveis impactos do coronavírus na economia.

Com a redução, as taxas de juros dos EUA passam para a faixa de 1% a 1,25%.

Lembrando que não havia reunião de política monetária marcada para hoje. O encontro do Fomc (Comitê Federal de Mercado Aberto, na sigla em inglês) estava programado para os dias 17 e 18 deste mês.

Em nota, o Fomc alegou que a economia dos EUA continua forte, mas a tensão e o avanço do coronavírus podem trazer riscos à atividade do país, por isso o corte.

“O Comitê está monitorando de perto os desenvolvimentos e as implicações para as perspectivas econômicas e usará suas ferramentas e atuará conforme apropriado para apoiar a economia”

informou o Fed em nota.

Após o anúncio do corte, o dólar passou a operar em queda no Brasil, enquanto o Ibovespa voltou a subir 0,57%, às 13h30. Acompanhe a cotação em tempo real com o TradeMap.

Ibovespa, às 13h30, no TradeMap
Ibovespa, às 13h30, no TradeMap

Foto: Andrew Harnik

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp