Fed mantém juros próximos de zero nos EUA

Segundo o Fomc, o banco central vai continuar comprando US$ 120 bilhões em títulos por mês

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Em linha com o esperado pelo mercado, o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) manteve a taxa de juros dos Estados Unidos na faixa entre 0% e 0,25% ao ano.

Segundo o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), o banco central vai continuar comprando US$ 120 bilhões em títulos por mês.





Mesmo apontando força econômica e alta na inflação dos EUA, a entidade decidiu, por unanimidade, não fazer nenhuma mudança em sua atual estratégia de política monetária.

Em comunicado à imprensa, o Fed afirma que os esforços ao combate da pandemia do novo coronavírus ajudaram a impulsionar a economia do país.

“Em meio ao progresso nas vacinações e forte apoio às políticas, os indicadores de atividade econômica e de emprego se fortaleceram”, disse o banco central em nota após o final de uma reunião de dois dias.

Vale destacar que a linguagem sobre a Covid-19 reflete uma visão um pouco menos negativa do que a utilizada no mês passado, quando o Fed disse que a crise sanitária “apresenta consideráveis riscos às perspectivas econômicas”.

Leia também:   Minério de ferro supera US$ 200 a tonelada no ‘spot’ chinês, aponta agência

Ainda hoje, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, participará de uma coletiva de imprensa às 15h30 (no horário de Brasília) para completar as decisões que constam no relatório publicado após o fim da reunião.

A decisão ocorre um dia antes do Departamento do Comércio dos EUA divulgar os dados preliminares do Produto Interno Bruto (PIB) do 1º trimestre do país. A expectativa é de que a economia americana apresente um crescimento de 6,5%.





Foto: Unsplash

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp