Crise financeira global pode se tornar uma recessão prolongada, aponta Fórum Econômico Mundial

WEF, foto de Denis Balibouse/Reuters

O relatório do Fórum Econômico Mundial (WEF, na sigla em inglês) divulgado nesta terça-feira (19) aponta que os gerentes de risco esperam por uma recessão global prolongada em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

Em uma entrevista com 347 membros, realizada em resposta ao surto, a entidade disse que dois terços identificaram uma recessão prolongada como o maior risco enfrentado pelo mundo atualmente para os próximos 18 meses.

A pesquisa ainda aponta que metade dos gerentes de risco projetam falências e consolidação industrial, dificuldade de recuperação das indústrias e altos níveis de desemprego, principalmente entre os jovens.

“A crise devastou vidas e os meios de subsistência. Provocou uma crise econômica com implicações de longo alcance e revelou as inadequações do passado”, disse Saadia Zahidi, diretora-gerente do Fórum Econômico Mundial.

Foto: Denis Balibouse/Reuters

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp

Assine a nossa Newsletter!