Com ajuda do governo de SC, JBS ampliará unidade da Seara no estado

Além da unidade da Seara, a secretaria estadual de Agriculta também disse que uma planta de biodiesel, localizada em Mafra, será beneficiada pelo investimento

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O governo de Santa Catarina informou na última quarta-feira, 16, que acelerou a liberação de licenças ambientais para garantir um investimento de R$ 442 milhões pela JBS para modernização e ampliação da unidade da Seara Alimentos.

Além da unidade da Seara, que fica em Itaiópolis, a secretaria estadual de Agriculta de SC também disse que uma planta de biodiesel, localizada em Mafra, será beneficiada pelo investimento.





Segundo a nota do governo, o próprio secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento, Altair Silva, entregou a licença ambiental prévia aos diretores e executivos da JBS.

“São investimentos que beneficiam toda a sociedade catarinense, com a geração de novos empregos. Somos parceiros do setor produtivo e trabalharemos juntos para impulsionar novos negócios e a expansão de empresas em Santa Catarina”, destacou o governador Carlos Moisés.

De acordo com o comunicado, essa licença prévia, emitida pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA), é a primeira de três autorizações ambientais obrigatórias.

Leia também:   Tegma rejeita proposta de fusão pela JSL

A JBS direcionará R$ 262 milhões para ampliação de abatedouro de aves, da fábrica de ração e de premix em Itaiópolis.

Com isso, a companhia passará a trabalhar em três turnos, criando 673 novas vagas de emprego nos 12 municípios da região – chegando a 2.180 funcionários diretos.

A ampliação também terá impacto no campo. Serão 16 novos produtores integrados e 63 aviários a mais atendendo a unidade de Itaiópolis. A empresa pretende ampliar em 1,4 mil toneladas a produção mensal, passando para 7,8 mil toneladas de produto acabado/mês.





Biodiesel

Além disso, o grupo JBS está investindo na ampliação da unidade de biodiesel de Mafra.

Altair esteve no local e entregou a licença ambiental que permite a expansão. Serão R$ 180 milhões em investimentos, que devem impulsionar o desenvolvimento econômico da região.

Leia também:   BTG Pactual fecha parceria com Privalia, que estuda dar andamento no IPO

Foto: SAR/SC

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp