Caixa Seguridade retoma discussões sobre IPO

Caixa Econômica - Marcus Leoni Folhapress

A Caixa retomou os preparativos para a oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) da subsidiária Caixa Seguridade. Em comunicado enviado ontem à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a companhia informou que decidiu voltar com o processo de revisão da documentação necessária à operação.

A oferta inicial de ações do braço de seguros e capitalização do banco público, suspensa em maio devido à pandemia do novo coronavírus, é estimada entre R$ 12 bilhões e R$ 15 bilhões.

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, sinalizou que a subsidiária pode estrear na B3, a bolsa brasileira, em outubro, mês que considera a primeira “janela realista” para a oferta.

Vale lembrar que a oferta da Caixa Seguridade estava prevista originalmente para ser precificada até o início de abril. Contudo, por conta da forte volatilidade que acompanhou a pandemia, o IPO foi congelado.

Foto: Marcus Leoni/Folhapress

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp