C&A tem prejuízo de R$ 192 milhões no segundo trimestre

logo C&A

A C&A reverteu um lucro de R$ 25,8 milhões no segundo trimestre de 2019 para um prejuízo de R$ 192 milhões no mesmo período deste ano. O resultado foi impactado pelo fechamento das lojas físicas devido às medidas de isolamento social para combater o avanço do coronavírus no país.

Dessa forma, a receita líquida da varejista apresentou um tombo de 76,6% entre abril e junho de 2020, para R$ 294,5 milhões. Já as vendas “mesmas lojas”, que consideram o desempenho de unidades de funcionamento há mais de 12 meses, recuou 77% na comparação anual.

Além do mais, a pandemia de covid-19 também influenciou a parte de serviços financeiros que a C&A tem em parceria com o Bradescard. Com o fechamento das lojas e o aumento na provisão para perdas esperadas de crédito, a receita despencou 74%, para R$ 16 milhões.

Enquanto isso, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ficou negativo em R$ 115 milhões, revertendo o resultado positivo de R$ 203,1 milhões no mesmo intervalo de tempo do ano anterior.

Em termos ajustados, o Ebitda reportou negativamente a marca de R$ 114 milhões, também revertendo o desempenho positivo no comparativo anual, com a margem caindo 55,7 pontos percentuais, a -38,7%.

Veja mais detalhes!

Pelo TradeMap Premium é possível analisar os dados financeiros e de mercado de qualquer companhia listada na bolsa de valores (incluindo ativos americanos).

Clique aqui e conheça nossos planos!

Foto: Gino Press

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp