Braskem reporta prejuízo de R$ 1,4 bilhão no terceiro trimestre

Resultado foi impactado pela provisão adicional de R$ 3,5 bilhões em decorrência de um problema geológico em Alagoas

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Braskem informou na manhã desta quarta-feira (11) que, por conta de uma provisão adicional de R$ 3,5 bilhões em decorrência de um problema geológico em Alagoas, houve um prejuízo de R$ 1,4 bilhão no terceiro trimestre de 2020, alta de 59% frente ao mesmo período de 2019.

→ Invista no que nunca perde valor: conhecimento! Inscreva-se no Desafio Investidor Fundamentado, com a Helô Cruz (CFA) – e sem pagar por nada!





Além disso, a companhia destacou que o resultado também foi impactado pela variação cambial, dada a depreciação do real frente ao dólar sobre a exposição líquida no montante de US$ 2,679 bilhões.

Por outro lado, a receita líquida de vendas da Braskem foi de R$ 15,9 bilhões entre os meses de julho a setembro, cifra 43% superior frente ao trimestre imediatamente anterior e alta de 20% em relação ao mesmo intervalo do ano passado.

Leia também:   Ambipar adquire 53,6% do capital social da Biofílica

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) recorrente apresentou avanço de 129% na comparação anual, para R$ 3,7 bilhões.

Segundo a Braskem, o resultado operacional reflete ainda os melhores spreads de polietileno (PE) no Brasil e no México e polipropileno (PP) nos Estados Unidos, além da desvalorização do real ante à moeda norte-americana.

“No trimestre e em linha com a nossa estratégia de priorização ao atendimento do mercado brasileiro, a companhia superou 1.050 mil toneladas de resinas comercializadas no mercado doméstico, recorde trimestral histórico de vendas de resinas no Brasil”, destaca a empresa em seu release.





Bolsa de Valores

Os papéis da Braskem (BRKM5) lideram as maiores baixas do Índice Bovespa no pregão de hoje. Às 11h, os ativos caíam mais de 4%. Acompanhe em tempo real pelo TradeMap.

Leia também:   Zoom anuncia a compra da Five9 por US$ 14,7 bilhões
banner curso helo 4

Foto: Reinaldo Canato

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp