Bolsas internacionais abrem com sinais mistos

Investidores acompanham as divulgações de indicadores e a provável vacinação em massa do povo europeu e americano

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Nesta terça-feira, 30, a Bolsa da Europa abriu no campo positivo e as Bolsas Americanas estão oscilando entre altas e baixas.

No Japão, as vendas no varejo tiveram dados melhores do que o esperado e, na Zona do Euro, o indicador de confiança também veio mais forte.





Estes dados mais positivos acabam sendo intercalados ainda com a instabilidade provocada no mercado após o fundo de Family Office se desfazer de suas posições.

Nas commodities, o petróleo abriu em queda, lembrando que ontem o Canal de Suez, no Egito, foi reaberto para o tráfego de navios.

No Brasil, a substituição de seis ministros, em meio ao agravamento da crise sanitária e a pressão fiscal acaba criando mais tensões para o mercado.

Leia também:   B3 cancela negociações do Banco Modal e mantém somente unit

O presidente Jair Bolsonaro decidiu na última segunda feira, 22, a troca de 6 dos 22 ministros de seu governo. Todos os seus substitutos já foram definidos.

Os ministros das Relações Exteriores, da Defesa, da AGU, da Justiça, da Casa Civil da Presidência da República e da Secretaria do Governo informaram que deixarão seus postos para analistas e economistas, trazendo mais pressão sobre a Bolsa.





Ao longo do dia, a atenção deve ficar em alguns indicadores com a divulgação do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) e do resultado primário do Governo Central.

Enquanto o índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) ficou em 2,94% em março, ante uma alta de 2,53% em fevereiro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira.

Leia também:   IGP-DI sobe 2,22% em abril e acumula inflação de 33,46%, informa FGV

Lembrando que o IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis.

Foto: Lilzi/Unsplash

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp