Bolsa da Turquia tem circuit breaker após presidente do país trocar chefe do BC

A troca foi anunciada logo após o BC divulgar o aumento da taxa de juros do país, para 19%

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O presidente do Banco Central da Turquia, Naci Agbal, foi substituído pelo economista e político Sahap Kavcioglu, de acordo com o decreto presidencial. O ex-ministro das Finanças ocupava o cargo desde novembro de 2020, quando foi nomeado pelo chefe de Estado Recep Tayyip Erdogan.

A troca foi anunciada logo após o BC divulgar o aumento da taxa de juros do país, para 19%, a fim de conter a inflação, que avançou 15,6% no mês passado.





Vale destacar que Erdogan se opõe a taxas de juros altas, por considerar que isso aumenta a inflação. Com isso, Kavcioglu será o quarto presidente do banco central turco desde julho de 2019.

O mercado não reagiu bem à notícia da demissão de Agbal. Na manhã desta segunda-feira, 22, o índice da Bolsa de Istambul caiu mais de 8%, chegando a ativar circuit breaker duas vezes – mecanismo que interrompe a negociação do mercado por determinado tempo em períodos de extrema volatilidade.

Leia também:   Infracommerce anuncia a compra da Summa Solutions por US$ 9 milhões

De acordo com a agência Bloomberg, a lira chegou a cair quase 15%, enquanto os rendimentos dos títulos da Turquia em moeda local e em dólar dispararam.

A turbulência está atrelada à preocupação de que a troca de presidentes da autarquia monetária marque o fim de um período de ortodoxia política que melhorou brevemente o desempenho da lira após a queda de 20% em 2020.

Foto: Pixabay





Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp