AstraZeneca registra US$ 1,56 bi de lucro no 1º trimestre

Valor é o dobro do apresentado em 2020, porém venda de vacinas contra Covid-19 não são o destaque.

astra zeneca
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

O Grupo farmacêutico AstraZeneca (AZN) registrou lucro líquido de US$ 1,56 bilhão no primeiro semestre de 2021, de acordo com balanço divulgado nesta sexta-feira, 30. Trata-se de um aumento de 100% em relação aos US$ 780 milhões do mesmo período do ano anterior.

Já a receita no período subiu 15,27%, de US$ 6,35 bilhões para US$ 7,32 bilhões, na comparação anual. O destaque de vendas ficou para os medicamentos contra o câncer Tagrisso, Imfinzi e Lynparza, que cresceram 20% no período, somando US$ 1,61 bilhão.  

As vendas de vacinas contra a Covid-19 representaram apenas 4% da receita da empresa, cerca de US$ 275 milhões. Desse montante, US$ 224 milhões foram da Europa, o que equivale a cerca de US$ 4 por dose. 

O motivo para um valor tão baixo é o compromisso firmado pela empresa de não lucrar com sua vacina enquanto durar a pandemia de Covid-19, vendendo-a a preço de custo. 

Outras farmacêuticas como Pfizer e a empresa de biotecnologia Moderna, cobram cerca de cinco vezes mais por dose e esperam lucros de US$ 15 bilhões e US$ 18 bilhões, respectivamente, nestes três primeiros meses do ano. 

Impacto da pandemia 

A gigante farmacêutica AstraZeneca enfrentou um trimestre difícil publicamente, sob crescente pressão da União Europeia para a entrega de doses de vacinas, que estão em atraso, além de problemas com efeitos colaterais em pacientes. 

Ao todo, foram 68 milhões de doses entregues em todo o mundo neste primeiro trimestre. Destas, 30 milhões chegaram à UE das 120 milhões que estavam prometidas por contrato.

O grupo distribuiu, do ano passado até agora, mais de 300 milhões de doses para 165 países. Sua vacina representa 90% das doses administradas à Índia, por exemplo, um país que sofre com uma nova onda de contágios.

Em compensação, a vacina da AstraZeneca é aplicada de forma restrita na maioria dos países da União Europeia devido aos riscos de casos isolados e raros de trombose. A Dinamarca, por exemplo, deixou de utilizá-la por completo.

Leia também:   Cielo (CIEL3) anuncia renúncia de Edson Costa do conselho de administração; Marco Moura irá substitui-lo

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

BLACK

WEEK

tag
Dias
Horas
Min.
Seg.

Não vá ainda...
Olha só o que tá rolando!

Popup Banner Black Week 3 1