Acima do esperado, pedidos de seguro-desemprego nos EUA atingem 419 mil na última semana

Os analistas consultados pela Refinitiv previam 350 mil solicitações durante o período em análise

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O número de pedidos iniciais de seguro-desemprego nos Estados Unidos subiu em 51 mil na semana encerrada em 17 de julho, chegando à casa dos 419 mil. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira, 22, pelo Departamento do Trabalho do país.

Os analistas consultados pela Refinitiv previam 350 mil solicitações durante o período em análise. Na semana anterior, foram 368 mil pedidos ao auxílio.





Enquanto isso, os casos de solicitações contínuas, ou seja, quando os norte-americanos recebem o benefício por duas ou mais semanas, caiu 29 mil, para 3,236 milhões.

Mesmo assim, esse resultado ainda veio acima do esperado pelos economistas, que projetavam para 3,1 milhões de pedidos.

Leia também:   Para Powell, política monetária deve funcionar se a inflação cair em 6 meses

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp