Conta de luz mais cara: Aneel cria bandeira tarifária de escassez hídrica

Com a bandeira escassez hídrica, a tarifa adicional passará para R$ 14,20 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos

luz lâmpada - pixabay

Foto: Pixabay

Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e o Ministério de Minas e Energia anunciaram na última terça-feira, 31, a criação de outra bandeira tarifária, chamada de “bandeira escassez hídrica” em decorrência do racionamento de água.

→ Leia também: Crise hídrica deve pressionar inflação nos próximos meses, diz Roberto Campos Neto

Dessa forma, a conta de luz ficará ainda mais cara, uma vez que a agência já tinha adotado a bandeira vermelha patamar 2 nos últimos meses. Até então, essa era a bandeira mais crítica.

Com a bandeira escassez hídrica, a tarifa adicional passará para R$ 14,20 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. Esse valor valerá a partir de setembro até abril de 2022. A cobrança extra anterior, da bandeira vermelha patamar 2, era de R$ 9,49, o que representa uma alta de 49,63%.

Leia também:   Ações de setores defensivos, petróleo e financeiro são preferência da Itaú Asset para 2022

Segundo a Aneel, essa diferença pode resultar em um aumento médio de 6,78% na conta de luz dos consumidores.

Em nota, o Ministério de Minas e Energia afirmou que, caso não fosse estabelecido essa mudança agora da bandeira tarifária, os custos seriam repassados com uma defasagem de até um ano aos consumidores.

Além disso, também foi divulgado o programa de redução do consumo de energia elétrica, que deve valer de setembro a dezembro de 2021.

De acordo com o programa, o consumidor do grupo B (residenciais, pequenos comércios e rurais) que reduzir seu consumo, nos meses de setembro a dezembro deste ano, em 10% em relação à média do que foi consumido dos mesmos meses de 2020, receberá um bônus de R$ 50 para cada 100 kWh. O bônus é limitado à redução de 20%.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais

Não vá ainda...

Baixe o nosso App!

O maior hub do mercado financeiro
na palma da sua mão!

Popup out planos