Com feriados na semana, mercado externo abre estável

No Brasil, as atenções continuam com as tensões político-institucional, crise hídrica e queda na atividade econômica

Unsplash

Foto: Unsplash

Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

A semana começa com dois feriados. Nesta segunda-feira, 6, as bolsas norte-americanas estão fechadas para comemoração do Dia do Trabalho, reduzindo assim a liquidez global. Enquanto amanhã, dia 7 de setembro, é o Dia da Independência por aqui, que fará com que a B3 não tenha operação.

Apesar de uma semana mais curta, ainda teremos a divulgação de indicadores importantes e que deverão movimentar os mercados. Além disso, por aqui, as preocupações no campo político continuam no radar.



Os recém-fechados mercados asiáticos encerram em alta, repercutindo ainda a desaceleração de emprego nos Estados Unidos e pela efetivação da saída do primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga. As esperanças é que o novo ministro possa trazer uma melhor gestão da pandemia e uma política monetária mais expansionista.

Leia também:   Com bom humor, mercado externo abre em alta nesta terça em meio aos resultados corporativos

Já no continente europeu, as bolsas operam perto da estabilidade.

Quanto às commodities, o destaque fica com o petróleo, que aumentou as perdas depois que a Arábia Saudita cortou os preços para os compradores asiáticos em outubro em relação a setembro.



Por outro lado, os investidores estarão atentos à recuperação lenta da produção dos poços e os danos causados pelo furação Ida, ao passar pelo Golfo do México, causando vazamento de petróleo perto da costa de Louisiana, segundo informações da guarda costeira dos EUA.

No Brasil, as atenções continuam com as tensões político-institucional, crise hídrica e queda na atividade econômica, aumentando assim a aversão ao risco, principalmente com o feriado de amanhã.

Leia também:   Ibovespa cai 2,22% na 2ª feira; saiba quais indicadores acompanhar hoje

Outra grande expectativa é pelo projeto do Imposto de Renda no Senado, aprovado pela Câmara na última semana. Como se não bastasse todo o cenário interno mais conturbado, o Ministério da Agricultura suspendeu as exportações de carne bovina do Brasil para a China dada a suspeita da doença da vaca louca, no Mato Grosso e em Minas Gerais. No entanto, o país vai continuar exportando normalmente para outros parceiros comerciais.

Para esta segunda, teremos a divulgação do Boletim Focus, às 8h25, e da Balança Comercial Semanal. 

É importante lembrar que hoje teremos a entrada da nova carteira do Ibovespa, agora composta por 97 empresas.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais