Bancos têm repassado queda na taxa de juros aos clientes, afirma Febraban

Murilo Portugal - Foto divulgação

O presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Murilo Portugal, disse nesta segunda-feira, 2, que as quedas das taxas de juros têm sido repassadas pelos bancos aos clientes.

“O desejo é que essas quedas continuem na ponta para o tomador de crédito”, afirmou Portugal durante o almoço de final de ano da entidade financeira realizado hoje em São Paulo.

Vale lembrar que no dia 30 de outubro, o Conselho de Política Monetária (Copom) do Banco Central cortou a Selic em 0,5%, para o menor nível histórico. Atualmente, a taxa básica de juros está em 5% ao ano.

“Estamos confiantes de que [as taxas] cairão com medidas para reduzir cheque especial e autorregulação”, afirmou Portugal. Entre outubro de 2016 a outubro de 2019, as taxas médias do crédito para pessoas físicas com recursos livres caíram 24,6%, enquanto para pessoas jurídicas houve redução de 12,6%.

De acordo com o representante da Febraban, o Brasil precisa reduzir custos altos com regulação e inadimplência, como forma da diminuição das taxas de juros aos clientes no país. Portugal disse que a cada R$ 100 que o banco recebe de juros, R$ 9 ficam para a instituição financeira e o restante vai para o custeamento do empréstimo, aponta o Valor.

Foto: Divulgação