Banco do Brasil e Itaú aprovam distribuição de JCP

Shutterstock

O Banco do Brasil (BBAS3) e o Itaú Unibanco (ITUB3; ITUB4) aprovaram a distribuição de juros sobre capital próprio (JCP) aos seus acionistas.

→ Leia também: o que são dividendos?

O BB informou nesta sexta-feira, 29, que o seu conselho diretor, reunido no último dia 25, aprovou a distribuição de R$ 502,3 milhões em JCP relativos ao quarto trimestre deste ano. O montante representa cerca de R$ 0,17617400289 por papel.

Segundo a estatal, os JCPs serão pagos em 30 de dezembro, tendo como base a posição acionária do dia 11 do próximo mês. Já em 12 de dezembro, as ações serão negociadas “ex-juros”, ou seja, quem operar os papéis do banco neste período já não terá mais direito ao provento.

Por sua vez, o Itaú comunicou que seu conselho de administração concordou em pagar os JCPs no valor de R$ 0,037560 por ativo. De acordo com a companhia, o pagamento será realizado até o dia 30 de abril de 2020, com base na posição acionária em 12 de dezembro.

Entretanto, com a retenção de 15% de imposto de renda na fonte, os juros sobre capital próprio ficarão em R$ 0,031926 por ação, exceto para acionistas imunes ou isentos de tal cobrança.

Foto: Shutterstock